terça-feira, 19 de junho de 2018

Caso Iasmin: após 56 dias, corpo de menina de 12 anos é identificado e liberado em Natal

Quase dois meses depois que a polícia encontrou um corpo enterrado em uma casa na mesma rua onde Iasmin Lorena de Araújo, de 12 anos, havia desaparecido no dia 28 de março, na comunidade da África, Zona Norte de Natal, um exame de DNA confirmou o cadáver como sendo o da menina. Um homem que trabalhava no imóvel foi preso e confessou o crime.

De acordo com o diretor do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), Marcos Brandão, o laudo que confirmou a idade do corpo saiu no final da semana passada. Após os trâmites, a família foi chamada para liberar o corpo nesta terça-feira (19), para sepultamento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário