quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Sistema Fecomércio/RN, emite Nota de Pesar pelo falecimento do Ex-Presidente João Dinarte Patriota

Com profundo pesar, o Sistema Fecomércio Rio Grande do Norte comunica o falecimento, nesta Quarta-feira, 7 de fevereiro, aos 83 anos de idade, do seu ex-presidente, empresário e pecuarista João Dinarte Patriota. Patriota presidiu o Sistema Fecomércio entre os anos de 1995 e 2001 e foi responsável por conduzir a entidade a uma era de modernidade e relações mais abertas e francas entre seus filiados e dirigentes.

Empresário do setor de comércio de produtos farmacêuticos, Patriota chegou a administrar, do final dos anos 80 até e início dos anos 2000, 420 funcionários em 30 unidades da rede de Drogarias Globo em Natal e Mossoró, além de outros 340 colaboradores da distribuidora atacadista, Droguistas Potiguares, que atendia ao Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e parte da Bahia.

No seu período à frente do Sistema Fecomércio, entre outras realizações, destacam-se a implantação do Sesc Seridó (até hoje uma das maiores unidades do Sesc no estado), Senac Caicó e instalação do Sesc na Zona Norte de Natal (recentemente reformado e reinaugurado).

Homenageado em 2016 com o Mérito Jessé Freire pelo diretores da Fecomércio, João Patriota pontuou, na época, a enorme satisfação que teve ao dirigir a entidade, apesar do acúmulo de responsabilidades que isso havia lhe imposto. “Dar conta das minhas empresas e também da Federação me exigiu muito esforço. Eu não podia falhar com nenhum dos meus compromissos, então ficava na correria. Mas estar à frente da Fecomércio foi muito enriquecedor e me deixou mais aberto para qualquer atividade que eu quisesse enfrentar. Me sinto engrandecido, muito feliz, satisfeito pela lembrança de ser homenageado com o Mérito Jessé Freire”, afirmou ele.

O Presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, lamentou “de maneira profunda e extremamente dolorida, com bastante tristeza” a morte de João Dinarte Patriota. “Ele foi um ícone. Primeiro do segmento empresarial no qual atuou. Foi um dos maiores empresários do comércio farmacêutico deste Estado e serviu de inspiração para muitos de nós, inclusive para mim. Também foi um líder na mais plena acepção da palavra. Era agregador, sabia ouvir e tinha um bom senso e uma sensibilidade ímpares na condução dos assuntos mais delicados. Foi por inspiração e a convite dele que eu ingressei, em 1989, na diretoria do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos, à época presidido por ele, o que foi o início da minha trajetória no sindicalismo patronal, onde me orgulho de estar até hoje. Eu o conheci e passei a desfrutar de sua amizade na empresa Droguistas Potiguares, de quem eu era cliente e onde aprendi bastante sobre o segmento no qual sempre atuei. Com a morte de Patriota, eu perco um amigo e uma grande fonte de inspiração. Já o RN, perde um empresário que sintetizava o melhor da nossa classe. Um homem ético, honesto, trabalhador e competente. Um exemplo para todos nós. Que Deus o acolha em Sua infinita misericórdia”, afirma Queiroz.


Fecomércio RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário