terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Justiça Federal do RN deferiu pedido de prisão domiciliar de Henrique

A Justiça Federal do RN deferiu pedido de prisão domiciliar para o ex-deputado Henrique Eduardo Alves. O pedido foi feito pela defesa de Alves depois que 22 testemunhas arroladas pela acusação não acusaram o ex-deputado.
“Ouvimos todas as 22 testemunhas de acusação e todas inocentaram Henrique. Por isso, ao final, fiz o pedido”, declarou ao blog Marcelo Leal, advogado de Alves.
Alves, no entanto, permanece preso. Pois resta a Justiça Federal de Brasília também conceder o mesmo direito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário