domingo, 14 de maio de 2017

7 passos para um futuro tranquilo

Do Yahoo:
Estamos vivendo um período de grandes mudanças na previdência. Tudo indica que as regras do jogo vão se alterar e os jovens vão descobrir que precisarão trabalhar mais tempo para receber uma aposentadoria menor do que esperavam.
O positivo disso tudo é que, sabendo agora, você ainda tem muitos anos para se preparar. E, acredite, começando cedo, o caminho pode ser mais fácil do que imagina.
1 ENTENDA O PORQUÊ
A pirâmide etária está mudando, cada vez mais a nossa expectativa de vida aumenta ao passo que os nascimentos diminuem. Isso significa que menos pessoas vão precisar sustentar um número maior de aposentados.
2. PAGUE O INSS
Não se desiluda com a previdência pública — o famoso INSS. Ele não é apenas uma ferramenta para a sua aposentadoria, mas também um seguro importante.
Pagando o INSS de acordo com a sua renda, você garante que se algo ruim acontecer, você ou os seus familiares não ficarão totalmente desamparados.
Se você for assalariado, terá que fazer isso obrigatoriamente, mas se é empresário ou autônomo, não caia na pegadinha de pagar menos do que você recebe.
3. FAÇA UMA APOSENTADORIA COMPLEMENTAR
O teto das contribuições do INSS é, hoje, de R$ 5.531,31, mas ele vem caindo cada vez mais. Especialistas estimam que em um futuro não muito distante você não receberá mais do que dois salários mínimos da previdência pública.
Por isso é tão importante que você tenha uma aposentadoria privada. Seja ela investida em um plano PGBL, VGBL ou se você for muito disciplinado e entender do mercado financeiro, poderá aplicar por conta própria.
Lembre-se: o importante não é investir muito, mas investir sempre.
4. SIGA O 1, 3, 6, 9
Esse método foi criado por uma equipe do banco para você descobrir quanto precisa poupar para a aposentadoria de acordo com a sua idade.
1: aos 35 anos, o trabalhador precisa ter o equivalente a um ano de salário em sua reserva de aposentadoria;
3: aos 45 anos, precisa ter três anos de salários poupados;
6: aos 55 anos, a poupança precisa ser equivalente a seis anos de salário;
9: e aos 65 anos, é preciso ter pelo menos nove anos de salários para se aposentar com essa idade e assegurar o mesmo padrão de vida que manteve enquanto trabalhava.
5. QUANTO POUPAR POR MÊS
Se você ainda não começou a poupar, precisamos fazer alguns cálculos matemáticos rapidinhos, não desista de ler, porque é bem importante, ok?
Se você tem entre 25 e 40 anos, vai precisar guardar mensalmente um percentual correspondente à sua idade menos 15. Se você tem 25 anos (25–15 = 10), vai precisar colocar 10% de sua renda em uma reserva de aposentadoria ao longo de toda a sua vida.
Se passou dos 40 anos, vai precisar tomar a sua idade e subtrair apenas 10.
E se chegar aos 50 anos sem ter começado a poupar? Assim já não tira mais nada, teria que poupar um percentual igual à sua idade, 50%, para chegar a nove vezes sua renda aos 65 anos. Poupar 50% da renda? Quem consegue essa façanha?
A parte boa é que o percentual só serve para o momento de começar, então se você tem 25 anos, pode poupar 10% do salário a vida toda que aos 65 anos você terá os seus nove salários sem muita preocupação.
6. APROVEITE A VIDA
Não vale a pena viver esperando pela aposentadoria. Aprenda a se planejar e guarde o necessário para o futuro, mas não esqueça de ser feliz agora. Aproveite a sua saúde e energia para viajar, comer e se divertir.
7. IMAGINE-SE NO FUTURO E COMECE CEDO
Mesmo que a aposentadoria pareça distante, quanto mais cedo você começar, mais fácil vai ser o caminho. Porque quando a gente vê, o tempo passou mais rápido do que o planejado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário