segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Mundo tem mais bilionários, mas fortunas diminuem

Os bilionários cuja fortuna excede US$ 1 bilhão são mais numerosos no mundo, mas sua fortuna total se reduz, como consequência de uma economia mundial em baixo crescimento – de acordo com um relatório do banco suíço UBS publicado nesta quinta-feira. No ano passado, 210 pessoas entraram no seleto clube dos ultrarricos, que conta agora com aproximadamente 1,4 mil membros. Desses, um terço (538) é americano, aponta o estudo realizado em associação com a PricewaterhouseCoopers.
A região Ásia-Pacífico e seus 520 bilionários aparecem em segundo lugar, ameaçando a hegemonia americana, graças à Ásia. Nesse continente, surge um novo ultrarrico a cada três dias. Já a Europa conta com 339 bilionários. A fortuna dessa seleta minoria é colossal, de US$ 5,1 trilhões, equivalente a duas vezes o Produto Interno Bruto da França, embora tenha diminuído 6% em um ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário