sexta-feira, 6 de maio de 2016

Cunha tem até 30 dias para deixar residência oficial

Afastado do mandato de deputado federal e da presidência da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) tem até 30 dias para deixar a residência oficial da presidência.
A decisão segue o que vale para qualquer deputado que se afasta do mandato por nomeação para cargos no executivo, por exemplo.
Não há decisão sobre se o suplente será convocado a assumir o mandato.
Os funcionários do gabinete de Cunha devem ser exonerados imediatamente.
Já os da presidência da Câmara terão o destino decidido pelo vice que assume, José Maranhão (PP-MA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário