quinta-feira, 3 de julho de 2014

Wilma defende votação imediata do projeto que melhora FPM

Presidente estadual do PSB e integrante da Executiva nacional do partido, a ex-governadora Wilma de Faria defende a votação urgente do projeto que define um aumento de dois pontos percentuais no Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A votação — na Comissão Especial da Câmara dos Deputados criada para avaliar a proposta — estava prevista para esta semana, mas foi adiada depois que a bancada do PT pediu vistas do relatório, em uma manobra para adiar a definição sobre o projeto.
“A proposta que reajusta o FPM é importante para amenizar a situação dos municípios que tiveram perdas com as quedas nos repasses no Fundo de Participação. É preciso votar urgente, sem adiamentos, porque as dificuldades financeiras e orçamentárias dos municípios têm implicações para as prefeituras e a população”, afirmou Wilma de Faria. Ela lembrou que a direção nacional do PSB já anunciou que a bancada do partido vota favorável ao projeto.
Durante a sessão que iria apreciar a proposta, houve um esforço do presidente da Comissão, deputado federal João Maia, para que houvesse a votação. Mas o representante do Partido dos Trabalhadores utilizou do regimento para protelar a apreciação e, com isso, as prefeituras permanecem em dificuldades financeiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário