segunda-feira, 28 de abril de 2014

Inadimplência das empresas cresce 7,4% no primeiro trimestre

O Correio Braziliense estampa que as empresas tiveram mais dificuldades em fazer os pagamentos em dia no período de janeiro a março deste ano. Comparado a igual período de 2013, o Indicador Serasa Experian de Inadimplência das Empresas mostra que as dívidas em atraso cresceram 7,4%. No primeiro trimestre do ano passado, a taxa tinha ficado praticamente estável, com variação de 0,1%. Considerando apenas o mês de março, houve elevação de 3,3%, em relação ao mês anterior.
Para os economistas da Serasa Experian, essa situação foi provocada pelo “ encarecimento do custo do capital de giro, determinado pelas sucessivas elevações da taxa básica de juros (taxa Selic), [e também pelo] ambiente de baixo crescimento econômico combinado com inflação em alta”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário