terça-feira, 5 de novembro de 2013

Garibaldi acha difícil reverter déficit da Previdência este ano


Ministro-Garibaldi-Alves-Filho-Foto-Elza-Fíuza_ABr

O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves, disse hoje (5) que acha difícil reverter o déficit do setor este ano, embora tenha esperança de que as receitas do último trimestre possam mudar o cenário.
“Não acho fácil reverter [o déficit], não. Mas acreditamos sempre, que neste último trimestre, você sabe, que tem um ganho bom em termos de Receita. Não é só o problema de contensão de despesa”, disse Garibaldi, ao deixar o Ministério da Fazenda onde se reuniu com o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, para tratar de assunto de seu estado, Rio Grande do Norte.
De acordo com o último resultado, no período de janeiro a setembro de 2013, o déficit da Previdência estava em R$ 47,6 bilhões. “A gente confia muito que o final do ano permita um volume maior de receita para compensar isso”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário