quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Casal é preso após tentar vender a filha através do facebook


imagem

O homem preso em flagrante suspeito de tentar vender, junto com a esposa, a filha de dois anos, disse em depoimento à polícia que não pretendia entregar a menina, mas sim aplicar um golpe e ficar com o dinheiro. O casal foi preso na noite de terça-feira (17) e ocorreu em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife . A negociação foi feita por meio do Facebook com uma mulher de Campina Grande (PB), que resolveu denunciar o caso à Polícia Civil e ao Ministério Público, ambos da Paraíba.
O delegado do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) do Recife, Geraldo da Costa, conta que o suspeito era foragido do regime semiaberto do estado do Rio de Janeiro. “Ele assume que fez um perfil falso. Embora a mulher também tenha participado, ele insistiu que foi apenas ele que fez a negociação. O suspeito alegou que a intenção não era entregar a menina, era só pegar o dinheiro. Na realidade, segundo ele, seria um golpe que ele ia passar”, detalha.
A mãe da menina alegou que não teria condições de trabalhar e ficar com a criança ao mesmo tempo, mas teria entrado em contradição durante o depoimento. “Ela disse que estavam passando necessidade, depois disse que não sabia. Ela estava com o cartão do banco na mão, queria que a filha mais velha do suspeito viesse para pagar a fiança, mas quando soube do valor, desistiu”, afirma Costa.
Como não pagaram a fiança de R$ 15 mil para cada um, o pai da menina foi para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu Lima, Grande Recife, enquanto a mãe foi encaminhada à Colônia Penal Feminina, no Recife. O casal de cariocas, que não vive mais junto, foi autuado em flagrante por entrega de filho a terceiro mediante pagamento ou recompensa, crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Eles podem pegar um pena de até quatro anos de reclusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário