terça-feira, 20 de agosto de 2013

UFRN utiliza larva de mosca para cicatrizar feridas em pacientes

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está estudando e aplicando um tratamento para cicatrização de feridas feito com larvas de moscas varejeiras. A prática do Desbridamento Biológico, nome científico dado à técnica, é antiga e atualmente é utilizada como rotina em países da Europa e nos Estados Unidos. No Brasil, há registros de pesquisas com animais, mas a aplicação dessa terapia em humanos é pioneira no RN.
O Desbridamento Biológico consiste na utilização de larvas estéreis da mosca Crysomya megacephal, espécie de varejeira comum em Natal. As larvas das moscas, após coleta, criação e esterilização em laboratório, são colocadas e mantidas nas feridas por um período de 48 horas, com o objetivo de eliminar, apenas, o tecido morto preservando em sua totalidade, a parte viva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário