quinta-feira, 6 de junho de 2013

Redes sociais são responsáveis por 20% dos divórcios

Quem se divorcia tem motivos para isso, certo? Mas esse motivo varia de pessoa para pessoa e muda conforme a relação que existe entre os casais. Uma conversa no Facebook pode ser apenas uma conversa, mas também pode ser o estopim para que o relacionamento role ladeira abaixo. Um levantamento da Academia Americana de Advogados Matrimoniais aponta que 20% dos casos de divórcios têm ligação com o Facebook. O mais comum é que as fotos e o histórico do chat da rede sejam citados como provas de traições.
Além disso, a pesquisa mostra que os papos acontecem, geralmente, com amores antigos ou ex-namorados da juventude. Sabe aquela pessoa que aparece do nada e adiciona você na rede, apenas para relembrar os bons tempos? Então, o problema é que tem gente que relembra demais o que já passou…
As redes sociais serem o bode expiatório do fim de relacionamentos é algo que só cresce – 80% dos advogados americanos acreditam nisso -, mas o vilão não é só o Facebook. O MySpace (quem ainda usa isso?) e o Twitter (rapidinhas de 140 caracteres?) também são provas cabais de infidelidade usadas no tribunal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário