terça-feira, 11 de junho de 2013

Pesquisa revela que quase 90% quer Ministério Público investigando crimes

O grupo de trabalho instaurado pelo Congresso Federal para discutir a proposta de emenda à Constituição (PEC 37), que na prática retira os poderes de investigação do Ministério Público, ainda não chegou a um consenso. Contudo, se depender daqueles leitores que acompanham o trabalho dos deputados federais por meio do site da Casa Legislativa em Brasília, os parlamentares, como representantes do povo, já sabem o que deve ser aprovado sobre o assunto: que os promotores continuem a investigar crimes.
Isso porque, em uma enquete feita pelo setor de comunicação da própria Câmara Federal e disponibilizada no site, quase 90% dos internautas afirmaram que querem que o MP continue a realizar investigação quando achar necessário ou em casos especiais. Foram mais de 73 mil participações e uma ampla maioria querendo que o Ministério Público continue investigando crimes.
Segundo os números divulgados pela Câmara, 83,26% são contrários a PEC e acham que o MP deve “poder investigar quando julgar necessário”. Essa opção teve 60,861 mil votos. Outros 1.623 internautas, ou 2,22% dos participantes da enquete, acham que o MP deve “investigar somente casos específicos”, que é justamente o que os promotores estão propondo no grupo de trabalho da PEC. Aqueles que acham que o MP não “deve poder investigar” representaram apenas 14,52%, ou seja, 10.616 votos.
Fonte: Jornal de Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário