quinta-feira, 13 de junho de 2013

Hotéis durante a Copa do Mundo estarão até 376,4% mais caros

As tarifas hoteleiras nas cidades-sede estarão até 376,4% mais caras para a Copa do Mundo Fifa 2014 em comparação aos preços cobrados normalmente e também mais caras do que estarão durante a Copa das Confederações, que começa neste sábado (15). As informações fazem parte de dados preliminares apresentados pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) e que fazem parte de um levantamento a respeito das tarifas cobradas por hotéis durante a Copa do Mundo, divulgado hoje (12) pelo presidente da Embratur, Flavio Dino.
A Embratur passou a monitorar os preços depois da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, em junho do ano passado, quando foi verificado um aumento nas diárias dos hotéis. De acordo com o levantamento feito pelo instituto com dados divulgados no site da Fifa, a diária do hotel Golden Tulip Brasília Alvorada, no Distrito Federal, custará US$ 639 na Copa do Mundo. Normalmente, as diárias no mesmo hotel, e para o mesmo tipo de quarto, custam US$ 134. No Rio de Janeiro e em Fortaleza os aumentos chegam a 366%.
De acordo com o presidente da Embratur, as diárias anunciadas pela Fifa causaram “profundo desagrado, estranheza e preocupação”, pois os números que foram divulgados comprometem o crescimento da sustentabilidade do turismo no Brasil. A medida tomada pela instituição será enviar um registro dos principais aumentos de preços durante os megaeventos para a Secretaria de Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário