segunda-feira, 15 de abril de 2013

Suspeitos de corrupção usam shows de grandes nomes da música para desviar dinheiro


fantastico
O Fantástico desse domingo, 14, destacou que, na última terça-feira, o Ministério Público fez uma mega operação em 13 estados para combater a corrupção no país. Lavagem de dinheiro, superfaturamento, venda ilegal de documentos. Todo tipo de golpe apareceu durante as investigações.
Num deles, os corruptos usavam shows de nomes da MPB para botar a mão em milhões de reais do dinheiro público. VEJA AGORA, na reportagem de Jonas Campos e Mauricio Ferraz.
Prefeituras do Rio Grande do Norte suspeitas de superfaturar shows de nomes conhecidos da música brasileira, como Fabio Júnior Zezé Di Camargo e Luciano e banda Cheiro de Amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário